Confederação Brasileira de Futebol 7 CBF7
Seleção Brasileira - 09/04/2018 às 16:32:09
JOICINHA DA SELEÇÃO DE FUTEBOL 7 JÁ ESTEVE NA CHINA PARA DEFENDER SEU PAÍS.
Joice Cristina Luz Villela da Costa, conhecida como Joicinha, é uma das principais jogadoras do futebol 7 feminino do Brasil. Com 34 anos, a atleta tem um vasto curriculo na bagagem. Ela já jogou nas principais seleções

Por ASSESSORIA CBF7
GUARAPARI, ES
CBF7 (Foto: Assessoria CBF7)
Joice Cristina Luz Villela da Costa, conhecida como Joicinha, é uma das principais jogadoras do futebol 7 feminino do Brasil. Com 34 anos, a atleta tem um vasto curriculo na bagagem. Ela já jogou nas principais seleções e ganhou diversos títulos atuando em grandes clubes brasileiros.

Joicinha nasceu em Curitiba PR em 30 de maio de 1983. Foi descoberta aos 11 anos, no seu primeiro clube Esporte Clube Caiuá. Em 1996, Joicinha começou sua carreira no Ypiranga e passou por grandes clubes como Santos (2002-2011), Bangu/RJ (2011) e Vitória de Pernambuco, conquistando títulos como Bi Paranaense, Bi Paulista, Bi Copa do Brasil, Brasileiro, Bi Libertadores e Tetra Pernambucano. No âmbito internacional, ela tem um terceiro lugar pela seleção da CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário na China).

Falando de seleção, Joicinha começou muito cedo, sendo convocada pela primeira vez aos 15 anos. Hoje, na Equipe Forte (PR), onde foi vice campeã da Copa do Brasil e Vice do Brasileiro de 2017, a atleta de alto nível que veste a amarelinha da Seleção de Futebol 7 (CBF7), se diz muito feliz.

É um privilégio muito grande fazer parte de um belo projeto que está se iniciando que é o da Seleção Brasileira de Futebol 7. Eu me sinto muito honrada, de verdade, pela oportunidade, pela confiança e poder contribuir de alguma forma com tudo isso. É tudo muito legal, me sinto uma criança que brilha os olhos por um sorvete - brincou a atleta.

Com o crescimento do futebol 7 no Brasil e no mundo, a jogadora multi-campeã falou sobre a evolução rápida da modalidade.

Acredito que estamos no caminho certo, planejando, cuidando para que as coisas funcionem de verdade. O futebol feminino em si ainda precisa de um maior apoio, mas acho que vamos muito longe, porque temos pessoas que amam a modalidade e fazem de tudo pra que ela cresça, se desenvolva e dê bons frutos - disse a atleta.

Atualmente Joicinha se prepara para os campeonatos estaduais e nacionais de futebol 7.

publicidade